Desventuras em Série, de Lemony Snicket – por Thaina Chamelet

Você com certeza já ouviu a expressão “falar com as paredes”, essa como tantas outras expressões esquisitas que as pessoas costumam usar, sem sequer notar o significado, podem ter diversas aplicações. Por exemplo “Aquele cara de chapéu azul está falando com as paredes” pode querer dizer que o cara é maluco por usar um chapéu de uma cor tão berrante e estar falando com objetos inanimados. “Aquele cara de casaco preto esta falando com as paredes” pode significar que alguém com um comportamento suspeito está tentando se comunicar com outra pessoa sem chamar atenção de ninguém. Mas normalmente se emprega quando dizemos que algum esforço é inútil, que dizer algo à uma parede ou a um determinado ser humano não faz a menor diferença.
Quando você pegar esse livro, inocentemente em uma prateleira de uma biblioteca ou livraria qualquer e, apesar de ser um livro infantil, se interessar pela ilustração de traços sutis e temas exóticos e um tanto sinistros das capas e ler a pequena observação do fundo, vai entender essa estranha expressão: “É meu triste dever pôr no papel essas histórias lamentáveis. Mas não há nada que o impeça de largar o livro imediatamente e sair para outra leitura sobre coisas alegres, se isso que você prefere.” (Mau começo – livro
1) Trata-se da história de três jovens órfãos que perdem os eixos do mundo com a partida dos pais, passando de lugar em lugar, tutor em tutor, sem encontrar respostas, para as perguntas que vão se avolumando a cada passo, e nem um lar confiável. Sua narração é feita por um pseudônimo de Daniel Handler, Lemony Snicket, que é “participa” dos fatos de um jeito peculiar, sendo um narrador-personagem mesmo sem aparecer claramente em nenhum dos livros O livro é cheio de características inovadoras e algumas coisas sobre essa coleção de livros que me deixam fascinada seguem listadinhas abaixo:
A primeira delas é o fato da trama tão bem costurada e confusa, que vai se desenrolando e enrolando o leitor a cada linha, mesmo sendo um livro juvenil, sua construção exige leitores atentos e bem dispostos.
A segunda é o jeito como ele é escrito, nos parágrafos acima dei alguns exemplos, você nem deve ter notado um deles, a interatividade com o leitor, os diversos avisos para que o leitor largue o livro e que só fazem aumentar o interesse pelo mesmo, o uso de expressões do dia-a-dia como introdução de cada livro ou dos capítulos destes e os mistérios e rastros que recheiam as páginas.
A terceira é o fato de que, a maioria dos leitores, diria ate que todos se generalizar não fosse algo impossível em todos os casos, continuam a leitura dos treze livros não pela história principal do autor, mas sim pela história do autor, que caminha paralela e muito mais misteriosa.
A quarta é a construção dos personagens, todos tem algo peculiar tanto psicologicamente quanto fisicamente, mesmo que sejam quase que incontáveis.
A quinta são os momentos em que nada faz sentido, páginas completamente pretas, páginas repetidas, capítulos que não são capítulos, frases que aparentemente não tem sentido nenhum sem contexto e que acabam sendo dicas de outros enredos, distorções em histórias folclóricas, citações, situações inimagináveis, açucareiros e coisas que não são explicadas em momento nenhum!
São tantos os mistérios e duvidas que existem diversos fóruns na internet discutindo cada detalhe insano da coleção, onde são criadas diversas teorias malucas e ninguém chega a nenhuma conclusão, na verdade. Podem procurar, é facinho de encontrar e só aumentam a curiosidade. É uma série realmente incrível, diferente das coisas que vem sendo publicadas, fugindo completamente aos padrões em gênero, estilo de escrita e tema , e desafiando a imaginação de crianças e adultos.

Coleção: Desventuras em série Autor: Lemony Snicket Editora: Cia. Das Letras Ano: 1999

Meu email é naitha_pops@hotmail.com e adoraria receber a sua opinião, critica, comentário, sugestão e também os elogios se quiserem! Até o próximo domingo!

Anúncios
por resenhasdecabeceiras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s